Psicologia-actividades em tempo de pandemia

Category : Tempo de pandemia

Serviço de Psicologia: actividades desenvolvidas

Em tempos de Pandemia, o Serviço de Psicologia da Casa do Educador & Unisseixal continua a desempenhar funções em tele trabalho, ao serviço dos alunos da Unisseixal e dos membros da Cesviver.

Atualmente existem 5 grupos de alunos, mediados pelos psicólogos, Dr. Vítor Vitorino e Fiona Sofia, que realizam video conferências por Messenger às segundas, quartas e sextas-feiras, e, cujo conteúdo é publicado na Página de Facebook: “Unisseixal – Psicologia para uma vida saudável”. Esta dinâmica tem como objetivos a promoção do bem-estar e convívio através de partilhas; o fortalecimento das relações interpessoais; a estimulação de funções cognitivas, nomeadamente da atenção e da memória a curto e a longo prazo; o desenvolvimento do empowerment, tornando os participantes com um papel mais ativo e autónomo; tudo isto é promotor de uma melhoria na qualidade de vida, bem como de um envelhecimento mais saudável e ativo.

As consultas de apoio e de acompanhamento psicológico estão a decorrer pelo telefone ou por video chamada por Messenger ou WhatsApp.

Têm sido feitos contatos telefónicos aos alunos das turmas de psicologia da Unisseixal e dos membros da Cesviver, de forma a disponibilizar apoio psicológico, caso seja necessário e, se possível, ir ao encontro das necessidades expressas pelas pessoas.

Dado que todos anos aparecem mais novos casos de défices cognitivos que podem ter diversas origens, tais como, por exemplo, depressão, AVC, Parkinson, Esclerose múltipla, Traumatismo Craniano Encefálico, entre outros, a estimulação das funções cognitivas torna-se, deste modo, algo cada vez mais pertinente. Neste sentido, o Serviço de Psicologia da Casa do Educador & Unisseixal dispõe de um Programa Certificado de Treino Cognitivo Informatizado denominado de Cogweb.

É relevante referir que os estudos indicam que os programas de intervenção cognitiva são eficazes na estabilização ou na melhoria do défice cognitivo, e que promove, desta forma, uma manutenção ou um aumento do desempenho cognitivo e da autonomia da pessoa, de acordo com as características do utente/cliente e, caso exista, da lesão.

Este programa é uma ferramenta que permite a implementação de planos de treino cognitivo online, supervisionado e prescrito, neste caso, pelo psicólogo; e que vão de acordo com as necessidades das pessoas.

Neste seguimento, é importante referir que existem diversos tipos de exercícios, e que estão organizados por função cognitiva (atenção, memória, funcionamento executivo, linguagem, capacidade construtiva e cálculo, e que permite a evolução ou a regressão de nível de dificuldade, consoante o desempenho do utente/cliente).

A grande vantagem que os alunos têm ao realizar estas sessões em casa, no seu computador pessoal, devido ao confinamento que a Pandemia Covid-19 gerou na vida de todos nós, é que podem fazer a sessão de treino cognitivo sem um tempo programado, as vezes que desejarem, diariamente, sozinhos e/ou em família, podendo consultar, no final da sessão, os seus resultados.

Atualmente as sessões de treino cognitivo através do Cogweb estão a ser realizadas por alguns alunos da Unisseixal e membros da Cesviver que solicitaram este tipo de serviço, o que está a desencadear uma superação de dificuldades geradas por diversas crenças bloqueadoras que as pessoas tinham em relação à tecnologia; promovendo assim, um aumento de confiança, bem-estar, autonomia, motivação e autoestima.


Conversas com o Psicólogo

Category : Psicologia

Desde há cerca de 6 anos que a Casa do Educador tem vindo a prestar um serviço aos seus Associados, Aderentes da Cesviver e Alunos da Universidade Sénior do Seixal (o qual é designado por “Conversas com o Psicólogo”), e que compreende um Atendimento Psicológico Pontual.

É neste quadro que, por marcação (normalmente às 3ª Feiras de manhã), o Professor Dr. Vítor Vitorino tem vindo a atender, quando solicitado, pessoas que manifestam vontade e/ou necessidade de partilhar algumas das suas preocupações, problemas, angústias, dúvidas, ou, apenas conversar com “alguém”, e, caso seja necessário marcar-se para outro dia, deve entrar em contacto com a Secretária da Casa do Educador (Sra. D. Cármen).

Temos agora o gosto de anunciar que passámos a contar, também, com a colaboração da Psicóloga Fiona Sofia, que se encontra a realizar o seu Estágio Profissional na Casa do Educador, e, como tal, também ao serviço dos Sócios, Alunos e Aderentes da Cesviver e da Universidade Sénior do Seixal, que irá, juntamente com o Professor Dr. Vítor Vitorino, dinamizar as Aulas de Psicologia para uma Vida Saudável, desenvolver Sessões de Estimulação Cognitiva Grupais e Individuais, Realizar Avaliação Psicológica e Acompanhamento Psicológico com supervisão sempre que solicitado, bem como aplicar Inquéritos de Satisfação aos alunos da Unisseixal e sua análise estatística, no sentido de Promover um maior Bem-Estar e Qualidade de Vida a todos.


Psicologia da Educação

Category : Educação

Introdução

A psicologia tem várias ramificações de conhecimento e neste artigo falaremos daquela que se dedica a estudar como se dá o aprendizado em ambientes educativos e a eficácia das intervenções neste contexto.

Trata-se da psicologia da educação, que se centra no processo de ensino-aprendizagem.

Definindo a psicologia da educação

Segundo os pesquisadores, a história da psicologia da educação se confunde com o início da psicologia científica e a evolução do pensamento educativo, em meados do século XIX.

A tarefa mais importante da psicologia educacional é verificar, entre os conhecimentos proporcionados pela psicologia científica, quais são os mais importantes para compreender o comportamento das pessoas no ambiente educacional.

Psicologia escolar e da educação

Apesar de serem muitas vezes utilizadas como sinónimos, os teóricos destacam haver diferenças fundamentais entre as duas áreas.

Os psicólogos educacionais dedicariam seus esforços à investigação e produção de conhecimento, enquanto os psicólogos escolares trabalhariam na rotina das escolas e instituições de ensino, juntamente com a psicopedagogia. Ou seja, a primeira seria uma área de conhecimento e a outra um campo de atuação profissional.


O Cérebro

Category : Cérebro

O cérebro é uma das ferramentas mais avançadas que o ser humano tem. É um órgão complexo que forma o sistema Nervoso Central e que constitui a parte mais volumosa e conhecida como encéfalo.

O cérebro é o órgão encarregado de controlar e regular a maioria das funções do corpo humano e da mente.

Controla as funções vitais como: temperatura, pressão sanguínea, ritmo cardíaco, respiratório, dormir e comer.Controla também os movimentos que fazemos como: caminhar, andar, correr, falar,estar de pé, etc.

Controla também as funções cognitivas, a memória, aprendizagem, percepção. Recebe, processa, integra toda a informação que recebe dos sentidos, a vista, o ouvido, o tacto, o gosto e o olfacto.

É responsável pelas nossas emoções. «Já dizia Hipócritas, o cérebro humano, é uma das criações mais complexas, enigmáticas e ao mesmo tempo perfeitas do universo.

►Podemos treinar e melhorar as funções do cérebro?– Podemos! Iremos ver como.

►Podemos tomar medidas para prevenir / retardar a degradação das funções cerebrais que ocorrem com o passar dos anos? – Podemos! Iremos ver como.

Para fazermos uma avaliação da nossa Saúde Mental, o prof. Vitorino forneceu nos um questionário com 33 perguntas às quais tínhamos que responder, aplicando uma chave padrão fornecida , no final, a qual nos dá uma indicação de como como pode estar a nossa Saúde Mental e do que podemos fazer para a melhorar e prevenir uma precoce degradação cerebral.

As indicações /sugestões que nos dá o questionário, é aquilo que cada pessoa é, e podemos aceitar alguns desafios, em termos de práticas e hábitos, com vista a corrigir aquilo que possa estar menos bem, no nosso dia a dia.

Isto é uma competição, connosco mesmo, e ao fazermos um propósito em melhorar alguma coisa nomeadamente na alimentação e por ai fora, como a seguir se descreve.

Então para melhorarmos a nossa saúde mental, podemos deitar a mão a várias ferramentas, nomeadamente:

►Termos uma alimentação saudável, beber muita água, ausência de tabagismo, exercício físico, ter um bom relacionamento(familiar e com os outros), meditar, ler e escrever, dormir bem e descansadamente, ter objetivos para a vida, nada de stress e ausência de solidão.

Brevemente voltaremos a abordar este tema.

Para um estudo mais aprofundado recomendamos a obra:

Cuide do seu Cérebro … e melhore a sua Vida, de Álvaro Bilbau, Editora Planeta, Lisboa, 2017


Arco da Rua Augusta

Category : Rua Augusta

Visita ao Arco da Rua Augusta das Turmas de Psicologia.
Situado na majestosa Praça do Comércio, o também chamado Arco do Triunfo é a entrada gloriosa na Baixa Pombalina, uma das zonas históricas mais nobres de Lisboa. O projecto inicial, integrado no plano de uma nova cidade, data do pós-terramoto de 1755, por ordem do Marquês de Pombal. Hoje, depois de uma reconstrução finalizada em 1875, é uma importante homenagem aos grandes vultos da história portuguesa. Recentemente limpo e restaurado, acabou de estrear uma nova atração - a possibilidade, graças a um elevador, de subir ao topo do arco. A vista daqui não nos deixa mentir, é única e superior. À altura das esculturas de Célestin Anatole Calmels, vemos por completo uma das mais nobres zonas de Lisboa e o rio Tejo.


Benefícios para a Mente

Category : Benefícios

Caminhadas

As caminhadas aumentam a criatividade e as ideias surgem com mais facilidade, diz um estudo da American Psychological Asssociatiom.

Pensamento

Caminhar melhora o despenho do pensamento, desencadeando o processo de passagem de uma ideia para a outra.

Atenção

Permite ainda renovar a capacidade de atenção e leva as pessoas a desempenharem tarefas difíceis no trabalho com melhor disposição.

Criatividade

Aumenta também exponencialmente a criatividade, pois andar ao ar livre leva que haja uma renovação cognitiva e emocional predispondo a pessoa a obter novas ideias.

Ideias

Caminhar aumenta a tendência das pessoas para falarem e potencia a expressão da memoria associativa, facilitando assim o surgimento de mais ideias.

(Artigo da Revista Visão onde o Prof. Carlos Neto, da Faculdade de Motricidade Humana diz:)

“Viemos ao Mundo para caminhar, não para estarmos sentados”

Nelson Dias

27/11/2019


Teste de Saúde cerebral-Resultados

Category : Resultados

Interpretação dos Resultados

Menos de 45 Pontos

O nível de saúde do seu cérebro é baixo. O seu cérebro está  a um envelhecimento prematuro e é mais vulnerável ás suas doenças. Não se esqueça que o um cérebro cuidado pode ajuda – lo no seu dia a dia melhorando a sua posição e as suas capacidades intelectuais. Pequenas mudanças podem indicar um grande benefício. Leve a sério o cuidado com o seu cérebro.

Entre 45 e 65 Pontos

O nível de saúde do seu cérebro é médio. É possível que tenha hábitos adequados, mas há outras facetas às quais não está a prestar atenção, e por isso não ajuda a proteger o seu cérebro e a melhorar o seu funcionamento. Espero que no fim do livro descubra quais os seus pontos fracos e adopte mudanças que o ajudem a melhorar a saúde do seu cérebro.

Entre 65 e 85 Pontos

O nível de saúde do seu cérebro é adequado. Alguns dos seus hábitos levam a manter o seu cérebro jovem e a sua mente em forma. Porém, ainda há muitos aspectos a melhorar. Como vai descobrir, há muitas coisas que pode fazer para ajudar a manter esta boa forma durante muitos anos.

Entre 85 e 100 Pontos

O nível de saúde do seu cérebro é muito bom. Nos capítulos que vai encontrar de seguida poderá ler por que razões muitas das coisas que fazem no seu dia-a-dia são benéficas para o seu cérebro e vai encontrar áreas que pode melhorar.




Turma de Psicologia

Visita de estudo à Fundação Calouste Gulbenkian

Exposição “ O Cérebro mais vasto que o Céu”
Esta exposição que foi inaugurada a 16 de Março deste ano,é uma viagem única á volta do cérebro, sua origem, complexidade da mente humana e os desafios das mentes artificiais.
Uma viagem mistério pelo cérebro humano, numa exposição que cruza arte e filosofia.
O titulo “ Cérebro mais vasto que o céu” , inspira-se num poema de Emily Dickinson, no qual a poetisa Americana descreve ainda o cérebro humano, ainda mais fundo que o mar e com o exacto peso de Deus.
É esta extraordinária complexidade do cérebro humano que a exposição vai celebrar nas suas múltiplas representações da ciência, á arte e a filosofia.
Com partes praticas e iterativas, e claro bem divertidas, e por outro lado através de textos simples e muito explicativos sobre o cérebro e seu funcionamento, viajamos no tempo e percebendo como o homem foi descobrindo coisas novas ao longo dos séculos.
O Grupo de Alunos de Psicologia Saudável da Unisseixal ,ficou impressionado com esta maravilha pelo que se recomenda a sua visita.

Dia 29 de Agosto de 2019